Dia Internacional do Meio Ambiente.

A importância de promover a conscientização ambiental nas crianças.

A preservação do Meio Ambiente e a utilização correta e racional dos recursos naturais são preocupações constantes, pois têm impacto direto não apenas sobre o ser humano, mas também sobre toda a vida existente na Terra. As constantes agressões ao Meio Ambiente causam o aquecimento e as mudanças climáticas. Tempestades, furacões e inundações têm se tornado cada vez mais comuns causando prejuízos e tristezas cada vez maiores.
Diante de um cenário tão complexo e que precisa mudar de forma rápida, a educação ambiental desde a infância se torna a principal “arma” contra os ataques diários ao Meio Ambiente.
Crianças que crescem sabendo da importância de cuidar da natureza para o progresso da vida se tornarão adultos conscientes e que farão o melhor para o planeta. Além disso, os pequenos têm o poder de influenciar até mesmo os mais velhos que possuem hábitos e comportamentos ruins, por exemplo, o de jogar lixo na rua.
Para que a educação ambiental faça parte da formação das crianças e jovens, é importante que a escola e as famílias estejam alinhadas e preparadas para conscientizar filhos/alunos sobre a importância de cuidar do meio ambiente.


Educação ambiental no colégio.


Durante a trajetória escolar, os alunos têm contato com as bases teóricas da sustentabilidade, como ciclos biológicos, ecossistema, vida animal e recursos naturais. Esses conceitos são muito importantes para que os estudantes compreendam que tudo está conectado, e que ações invasivas podem comprometer estruturas e até mesmo o desenvolvimento de vidas.
Porém, para que a educação ambiental se torne uma prática constante na vida das crianças e dos jovens, fazendo parte do dia a dia, é fundamental que a sustentabilidade também seja ensinada de forma prática.
Há muitas maneiras de abordar o assunto no colégio, estimulando a participação ativa dos alunos, por exemplo:

  • Campanhas de reciclagem de lixo;
  • Criação de hortas dentro do colégio;
  • Plantio de árvores em áreas públicas (com as devidas autorizações da prefeitura local);
  • Ações para economizar energia elétrica;
  • Adoção de garrafas próprias para reduzir o uso de copos plásticos na escola.



Sustentabilidade em casa.

Vimos que os filhos são capazes de influenciar os pais sobre os assuntos ligados ao meio ambiente. Essa conscientização pode ser ainda mais efetiva se toda a família estiver engajada. Por isso, abordar a sustentabilidade em casa também é uma responsabilidade dos pais.
Assim como na escola, há muitas maneiras de estimular a conscientização dos filhos desde a infância através de bons hábitos. Evitar o desperdício de alimentos, por exemplo, é essencial para que a criança perceba a importância do consumo inteligente. Mas, também é possível incentivar outras atitudes positivas:

  • Reduzir o consumo de água e energia
  • Diminuir o consumo de descartáveis
  • Reaproveitar embalagens
  • Manter plantas nos ambientes
  • Separar o lixo reciclável



Sabemos que, em conjunto, podemos unir forças para desenvolver a conscientização ambiental nas crianças através de ações inspiradoras e afetivas, afinal de contas, a Terra é nossa casa e todos nós gostamos da nossa casa!

Fontes:
Biblioteca Nacional/Brasil
www.periodicos.cesg.edu.br
www.blog.racon.com.br
www.marupiara.com.br


Imprimir  

Posts relacionados